Tanatologia

March 28, 2018 | Author: Vinicius Baltazar | Category: Burn, Death, Lightning, Heat, Pressure


Comments



Description

Tanatologia: estuda a morte,seus fenômenos e sua legislação. Tanatolegislação: conj.de dispositivos legais concernentes a morte e ao destino dos cadáveres. Tanatografia:descrição dos sinais que caracterizam os períodos pré-agonico e agônico. Tanatosemiologia:estuda os fenômenos cadavéricos. Cronotanatognose: estuda os meios de determinação do tempo decorrido entre a morte e o exame cadavérico. Morte: extinção da vida,cessação definitiva de todas as funções de um organismo vivo. Morte real: qdo apresenta sinais conclusivos de morte que são os resultantes de transformação cadavérica. Morte aparente: estado passageiro do organismo em que parecem abolidas suas funções vitais (morte clinica). Morte súbita: imprevista,atingindo pessoas em aparente estado de saúde ou enfermas em que não era prevista. Morte agônica: extinção lenta e progressiva das funções vitais. Morte violenta: desencadeada por ação abrupta e intensa ou continuada e persistente de um agente mecânico, físico ou químico sobre o organismo. Morte suspeita: etiologia ñ definida ou possível crime. Morte natural: alt. orgânicas ou perturbações funcionais, provocada por agentes naturais e patogênicos,sem intervenção de fator mecânico. Ácaros Uropada,Tyroglyphus,Glyciphagus,Serrator: absorvem os restos humorais dos cadáveres,dessecando-os. Lepidopteros (Aglossa,Tinea e Tineola) e Coleopteros (Attagenus,Anthrenus,Tenebrio,Ptinus): levam à esqueletização consumindo pele,tendões e ligamentos. Flora cadavérica (fungos em cadáver inumado): atinge pele,boca,traquéia,estomago. Aparecem no verão 4-6dias e inverno 1014dias. O 1º a surgir é o gênero mucor (mofo comum) em 1-2dias (penicilium,aspergilus). Fermentação gordurosa: oosphora,eurotium. Esqueletização: trichoderma,cylindrium. Morte encefálica: abolição total e definitiva das funções por dano encefálico irreversível. Morte por inibição:desproporção entre a intensidade da ação traumática em áreas sensíveis do corpo e sua conseqüência. Morte materna:morte em mulher grávida ou dentro dos 42 dias do puerperio. Morte neonatal: 1ºs 28 dias após nascimento. Morte piedosa (eutanásia):morte rápida e suave aos padecimentos de doente incurável. Cadáver:corpo sem vida de homem/animal. Decomposiçao cadavérica: alt. De partes moles ate a esqueletizaçao. Fenomenos cadavéricos:Variam qto natureza,aspecto e duração devido a influencias de variáveis. Possui 2 grupos:1ºAbioticos (avitais,evidenciam a extinção da vida) divididos em Imediatos(inconsciência,imobilidade,amolecimento,relaxamento esfincter) e Tardios(desidratação,hipóstases,rigidez cadavérica); 2ºTransformativos Destrutivos(autólise,putrefação,maceração,gaseificaçao) e Conservadores (mumificação,saponificação). Resfriamento do corpo:corpo tende a igualar sua temp com o meio. Influencia de fator intrínseco (idade-crianças e velhos mais rápido;constituição-magros e caquéticos +rápido que gordos;dças termogenicas-pode até aumentar temp) e Extrinseco(veste,umidade,arejamento). Crianças em 20h e adulto 24-26h. Para Flaminio Favero Lombroso:dissociação áxiloKeith-Simps Regra de Bouchut Fórmula de Glaister: avaliar tempo decorrido de morte Hora de óbito= (Temp. retal normal – temp. do cadáver)÷ 1.50. Rigidez cadavérica=desidratação + acidez tissular. Aparece em 1h. Instalação: 1ºmandibula,2ºnuca,3ºtorax,4ºMMSS,5ºabdome,6ºMMII. Desaparece na mesma sequencia em 2-3dias. Regra de Niderkon(qt a instalação da rigidez): precoce (<3h),normal (3-6h),tardia (6-9h),mto tardia (>9h). Hipostases: manchas que se formam nos declives,devido ao acumulo de sangue,sob ação da gravidade. Ocorre 8-12h. Mancha verde abdominal:ação bacteriana que produz gás sulfídrico que se une à Hb. Adultos:surge a nível do ceco e generaliza. RN:narina,boca e anus. Putrefaçao:decomposição da matéria orgânica por micróbios(aeróbios-proteus vulgaris,E.coli;anaeróbios-clostridium). Proteinas tornam-se albumoses/peptonas/amnoacidos(que tornam-se amoníaco/uréia/Ac.graxos/gás sulfídrico/indol/escatol) e tornam-se ptomainas/cetoacidos/corpos fenólicos. Periodo enfisematosofim da 1ª semana dura 30 dias,gases putrefativos no TCS,edema generalizado,pele enegrecida. Periodo Coliquativodura de meses a 2-3anos,decomposição dos tecidos,putrilagem. Açao perfuro-cortante com deslizamento: ferida perfuro incisa mais extensa que a largura da lamina. Ação perfuro-cortante:ferida perfuro incisa com entalhe. Ação contundente: bordas escoriadas e irregulares,vertentes e fundo irregulares,traves de tecido ligando as vertentes. Ação corto-contundente:bordas e vertentes regulares,fundo regular,tecidos seccionados ou fraturados. Ação contundente com instrumento corto-contundente: equimose,bossa sanguinolenta,hematoma,rubefaçao. Ação contundente com instrumento cilíndrico: equimoses paralelas com centro pálido. Ação cortante:ferida incisa com bordas,fundo e vertentes regulares s/ escoriação,+deslizamento e – pressão. Ação perfuro cortante de 1 gume(faca):ferida em fenda com ângulo agudo ou rombo. Energia atômica – ocorrem radiodermites associadas aos efeitos da onda explosiva. geralmente ulceração dolorosa. As lesões podem ser temporárias ou definitivas. Cremação: incineração = consumir . opistotono. frágil de característica atípica. não produz cicatriz. pode ter alteração da pigmentação. perda de calorias em excesso.9% ou 0. MMII = 13% + idade dividido por 2. gases. (d) 4to grau: carbonização do plano ósseo (local ou generalizada). 18-24h:mancha verde abdominal.5ml de colóides (ou 1. (b) direto – queimadura = lesão corporal produzida pelo calor. Fisiopatologia. Avalia-se os critérios médico-legais (da ênfase a profundidade e sede das lesões).5ml de SF).Ação perfurante de médio calibre(prego. 5anos:desaparecimento ligamentos e cartilagens. liquidos.24h:perda da transparência da córnea. trombose de vasos superficiais e subcutaneo. Agentes lesivos e seus efeitos: Calor = elevação da temperatura. beta. 48h:inicio do desaparecimento da rigidez e do LCR. ATB sistêmica não atinge a lesão. 1% genitais e períneo.idade. 14h:livores com máxima extensão e intensidade.45% em volume igual ao perdido pela SNG. (b) 2do grau: eritema. Arborização de Lichtenber = figuras de fulguração – lesões cutâneas eritematosas de configuração dendriticas ou arboriformes que marcam o trajeto da corrente elétrica no corpo (origem provável na coagulação do sangue em vasos superficiais). ou calor artificial – fornos. 5-14 anos – 10%. neoplásicas e cutâneas (geralmente queimaduras de 2do grau). Cálculo da SC: regra dos 9 (pulanski e tennison) adultos e crianças acima de 10 anos. 4d:mancha verde em todo tórax e abdome.hipóstases pulmonares. 15-24h:temp.1ro grau – depilatória e eritematosa (temporárias). edema da derme. ausência de reação inflamatória celular = cicatrização por segunda intenção (retrátil ou queloidiana). CRONICAS – ulcero-atrofica. 6-8dias:cadáver tomado por manchas verdes. calor irradiante. 2do grau – papulo-eritematosa. mais que 14 anos – 15-30%). sólidos aquecidos. atmosférica ou meteórica. queimado pequeno (menos que 5 anos – 5%. 1h 2h 3h:começa rigidez nos MMSS. produz placa esbranquiçada de pele rugosa. oculares. demanda metabólica maior. (c) natural – cósmica. (c) 3ro grau: necrose de partes moles (pele. substâncias radiativas). A superficie palmar da mão com os dedos unidos corresponde a 1% da SC. 3anos:desaparecimento partes moles. recanaliza em uma semana. 3m: saponificação dos músculos. caldeiras. Critérios clínicos : queimado grande (menos que 5 anos – 10%. pode ser intermação (exposição do corpo ao calor irradiante solar em locais abrigados do sol. No RN – cabeça e pescoço é 19% e MMII é 13% e o resto 9%. subcutâneo e músculos). explosões atômicas. necrose de coagulação. o óbito pode ser imediato ou tardio. pele integra. telangiectasia ou neoplásica. grande deslocamento de ar. o resto é 9%. geralmente epitelioma pavimentoso. 5-14 anos – 20%. gama com repercussões genéticas. metade da dose nas primeiras 8h e o restante nas outras 16h. Reposição líquida: reposição em 24h – peso x %SC x 0. recoberta por crosta seropurulenta de cicatrização difícil.inchaço generalizado. SF a 0. não evidenciam-se no cadáver (reacao vital). queimado médio (menos que 5 anos – 5-10%. circunstancia qualificadora do crime de lesões corporais. 24-36h:transudato com Hb na cavidade pleural.mancha verde em 70% abdome. perna e pé. vasculo-destruicao não permite revascularizacao. Efeitos gerais – síndromes digestivas. fulminação – quando o raio provoca o óbito. hipotrofia da pele cicatriciail. 2-4m:fim da saponificação de gordura. 6dias:presença d casulos. mais que 14 anos – 30%).descolamento epiderme. Radioatividade: Natural = substancias radioativas (césio). particularmente a cabeça). cancerígenas sanguineas e mortes precoces. 15-30d:fácies negroide. derme escura. quadrante do tronco. 10-14d: presença crisálidas. a perda insensível de água é maior. associadas a liberação de substancias tóxicas. fornalhas. coxa. temperatura (ação direta – carbonização ou indireta queimaduras). vesículas = flictenas (liquido amarelado proteico). ou insolação (exposição do corpo ao calor solar. variam em extensão e profundidade. Quanto a forma de aplicação do calor: (a) difuso – termonose = exposição demorada do corpo ao calor. artificial = aparelhos de RX. seqüestração de líquidos para o espaço extravascular. (a) radiodermites: AGUDAS . O volume urinário deve ficar entre 30-80ml. 3 mecanismos lesivos – paralisação ou inibição dos centros nervoso. Havendo hemoconcentração. raios solares. posições assumidas – lutador. afeta a epiderme.fetidez. 1-6meses:fauna sarcofagiana.tem 4h 6-8h: 812h:fixação dos livores nas partes declives. fina rede capilar (bolhas rotas).rede venosa superficial. 3ro – grau – zonas de necrose (ulceras de Roentgen). 3dias: some a rigidez. mais fáceis de infectar. ocorre resfriamento do corpo. 5-14 anos – 10-20%. frio = diminuição da temperatura. menos dolorosas (destruição dos corpúsculos sensitivos).furador de gelo):ferida em fenda em casa de botão.hemoconcentraçao do sangue no coração. clínicos (da ênfase a extensão das lesões). Mais de 20% da SC afetada = risco de vida. organiza nas primeiras 48h. causada por agentes lesivos de temperatura elevada (chama. ginecológicas. que pode projetar o corpo causando lesões corporais. lesões renais = mal do sétimo dia. ocorrem lesões isquêmicas de órgãos. corpos de adultos podem reduzir a estaturas de até 100-120cm.mancha verde em fossa ilíaca direita. Maior de 1 ano: cabeça e pescoço = 19% . chamada de câncer cutâneo dos radiologistas ou câncer roentgeniano. sendo que a gravidade e o prognostico dependem mais da extensão que da profundidade. mais que 14 anos – 15%).cor verde escura em face inf do fígado e face cólica do baço. igual a do ambiente. Critérios médico-legais nas queimaduras: (a) 1ro grau: eritema (sinal de cristianson). seqüelas tardias por ação dos raios alfa. casa de máquina). 7-8d: inicio putrefação gasosa. fulguração – somente em lesões corpóreas. com infecção e trombose progressiva pode transformar lesões de 2do grau em 3ro. Administração: gotejamento = volume a ser transfundido dividido por 5x horas. 9% cabeça e pescoço. Raio – descarga elétrica que ocorre em tempestades devido ao choque de nuvens. apergaminhada. nas 1ras 24h administra-se plasma e SF e após 48h = sangue total. cardíacas. MMSS. incoordenacao motora. neuroses. gases. do tronco. idosos). Frio: quanto a forma de aplicação pode ser individual ou coletiva. Perícias médico-legais nas queimaduras: considerar nos vivos o local das lesões (danos estéticos). cósmica. suor. sinal de Benassi – entrada. congestão polivisceral. sinal de Bonnet – saída. observa-se expansão dos gases. diretamente proporcional). Vapores. a alternada é 3-4x mais lesiva. a nível alveolar é 713mmHg de oxigênio. túneis profundos. psicoses. congestão cardíaca. bolhas ou flictenas. mal dos caixões. alterações sensoriais (tonteiras.pelo fogo. Em caso de sobrevivência ocorrem alterações no SNC: sinais imediatos – perda da consciência. do funil. disjunção de suturas. media – 250-1200V. alcoolismo. pode ocorrer fenômeno de raynaud. A corrente pode ser alternada ou continua. tetanizacao da musculatura respiratória. ocorre o fenômeno mal das montanhas. Ação geral – resfriamento do corpo. nitrogênio e CO2. idade – abandono de RN. flictenas = conteúdo seroso. intoxicação por oxigênio. verificar se as queimaduras foram produzidas em vida ou após a morte. outras lesões distintas das queimaduras. seqüelas. vestes molhadas. inibição do SNC. doentes. convulsões. Quanto a tensão: alta – acima de 1200V. pedra. Achados necroscópicos – hipóstases vermelho-clara. apoio em superfície metálica. 2do grau – eritema. suicida. fibrilacao ventricular. deformidades permanentes. Hiperbarico: a proximidade do centro da terra aumenta a pressão. crianças: 50-70min. Queimaduras – geralmente do terceiro grau nos locais em contato com o condutor e com a terra. Orientar a pericia – estudo do ambiente. natural. sangue de tonalidade menos escura.5% e 80%). 1ro grau – palidez ou rubefacao. afasia. resistência (obstáculo a corrente. pesquisar CO2 no sangue. os efeitos lesivos dependeram da voltagem e isolamento. fibrilacao ventricular. incapacidades funcionais. após autorizado. profundidade do fundo do mar. 2 árias. O cartucho é formado pelo PAF. Cremação só será feita se houver manifestado a vontade de ser incinerado ou no interesse da saúde publica e se o atestado de óbito tiver sido firmado por dois médicos ou um medico legista e no caso de morte violenta. pele anserina. Redução de adultos: 90-120min. sonolência. em igualdade de condições. no cadáver – determinar a causa jurídica da morte (acidental. na corrente alternada. fundo avermelhado com fina rede capilar. fuligem na arvore respiratória. atmosférica ou meteórica. condições que aumentam a condutividade – ambiente umido. mais lesiva. Tiro a queima roupa ou curta distancia – queimadura chamuscante. gás carbônico e azoto (14. 4to grau – gangrena ou desarticulação. isquemia cerebral. Estrias: 1 ária – raias. quanto menor a freqüência. (a) artificial: ação lesiva sobre o corpo da eletricidade industrial. tiro a distancia – orla de escoriação – enxugo – equimótica. cápsula e pólvora. inversamente proporcional). quantidade de corrente que atravessa um condutor na unidade de tempo. 2 fatores – voltagem (forca da corrente. Ação localizada = geladura. halo congestivo. cimento. homicida). o eritema não existe na lesão pos-mortem. parestesias. 3 árias – desgaste pelo uso. coágulos. . anestasias). Pressão atmosférica: normal é 760mmHg. delírios.defeitos das raias. ação direta do fogo ou sob efeito de altas temperaturas. Eletricidade: artificial ou industrial. com o ar rarefeito ocorre diminuição da concentração de gases sanguineos.5%. condições físicas (debilitados – desnutridos. chamas causam lesões ascendentes e liquidos descendentes. sinais tardios – manifestações álgicas. sofrem variantes quanto a intensidade. paralisias. 5. baixa – 100-250V. Hipobárica: altitude diminui a pressão. Lesão em boca de mina ou cratera. 3ro grau – necrose de partes moles.
Copyright © 2021 DOKUMEN.SITE Inc.