o Periodo Entre Guerras

March 27, 2018 | Author: Michely Carer | Category: Great Depression, Nazism, Fascism, New Deal, Economics


Comments



Description

HISTÓRIAA CRISE DE 29 E A ASCENSÃO DO TOTALITARISMO DE DIREITA 1. A CRISE INTERNACIONAL DO CAPITALISMO EM 1929 Logo após o término da Primeira Guerra, sobretudo a partir de 1922, quando a França e a Inglaterra conseguiram saldar seus débitos com os Estados Unidos, a indústria de bens de consumo norteamericana teve uma expansão acelerada. Os capitais excedentes foram aplicados em pesquisa e mecanização, sendo aperfeiçoada a produção em série, principalmente de aparelhos eletrodomésticos e automóveis. Os Estados Unidos, que haviam passado da posição de maiores devedores dos europeus, antes da guerra, para principais credores de diversos países, deixaram-se levar pela onda progressista que influenciou toda a cultura da época. Mas esse crescimento acelerado encobria também a formação de imensas fortunas ilícitas, obtidas com o consentimento de altas figuras do governo, minado pela corrupção. Foi o período da Lei Seca, com a proibição do fabrico e do consumo de bebidas alcoólicas, que objetivava resguardar uma sociedade tida como moralmente exemplar. Nada soava mais falso, pois essa proibição só fez estimular o gangsterismo, especializado tanto na manufatura e distribuição de bebidas, como no contrabando, nos jogos de azar, nas drogas e na prostituição. desse sistema, tido até então como o modelo da sociedade ideal. Nas cidades, a expansão industrial tendeu a concentrar a renda numa pequena camada da população, sem que a classe trabalhadora se beneficiasse dos frutos de seu trabalho. Isso porque os salários permaneceram inalterados, não havendo uma distribuição igualitária das riquezas. Com o mercado externo já retraído, essa incapacidade interna de consumo generalizou a crise no país, atingindo até mesmo os mais prósperos setores da economia. A desvalorização dos papéis levou bancos e empresas à falência, fez cair os preços dos produtos industrializados e agrícolas, forçando drásticos cortes nos custos e na produção. Milhares de operários foram demitidos e o mercado entrou em séria retração. Em linhas gerais, pode-se dizer que a Grande Depressão resultou principalmente da superprodução industrial e agrícola, que foi se evidenciando quando o mercado interno não conseguiu mais absorver a produção que se desenvolvera muito rapidamente para atender à demanda externa durante a guerra. 2. O NEW DEAL A Grande Depressão tornou mais dura ainda a vida dos negros norteamericanos. Entretanto, em meados da década de 20, começaram a aparecer os primeiros sinais de fragilidade Editora Exato 8 A superação da crise veio através de medidas políticas que reformularam o papel do Estado nas economias capitalistas. O New Deal, novo pacto, idealizado pelo presidente norte-americano Franklin Roosevelt, acabou com o liberalismo econômico. A partir de então, o Estado teve papel fundamental na organização da economia e da sociedade. Roosevelt ocupou a Presidência dos Estados Unidos de 1933 a 1945. Foi eleito três vezes pelo Partido Democrata. No início de seu mandato tentou superar a crise reativando a vida econômica do país: foram os cem dias, durante os quais adotou medidas de urgência: Fechou os bancos que estavam em crise; Proibiu a exportação e o entesouramento de ouro. Em maio de 1933, decretou a reforma agrária através do Auto de Ajustamento Agrícola. A finalidade do Auto era reduzir a produção de excedentes agrícolas, visando à manutenção do nível de preços: a partir de então, o Estado passou a comprar os excedentes agrícolas. Nesse mesmo mês, criou um Núcleo de Planejamento Regional no vale do rio Tennessee, integrando indústrias, hidrelétricas, reflorestamento e b) determinado por problemas econômicos em alguns países que estavam iniciando no capitalismo industrial e superado pelo crescimento da produção. selou uma aliança com Mussolini. c) determinado por uma crise de superprodução nos EUA que atingiu todos os países capitalista e superado através de forte intervencionalismo estatal. em 1939. total distanciamento entre o povo e os representantes parlamentares. Hitler exigiu que a Checoslováquia entregasse a região dos Sudetos. As potências européias cederam aos anseios de Hitler e sacrificaram os tchecos. com a instalação de ditaduras de direita que garantiram a ordem do sistema. também atingidos pelos efeitos da Grande Depressão. os lucros e as propriedades. 2 Cite dois princípios do nazifascismo. As parcelas descontentes da população fundaram partidos nacionalistas.irrigação. nesse período. a quem a população deveria se subordinar totalmente para alcançar a ordem e a prosperidade geral. com o objetivo de eliminar as fontes de conturbação social e propiciar o pleno desenvolvimento capitalista. como nas crises anteriores. TOTALITARISMO A Alemanha e a Itália viviam uma situação crítica: desemprego e inflação galopante. iniciando o projeto de formação da Grande Alemanha. puderam resolver a crise do capitalismo. Em 1939. foi a vez da Polônia. Assim. Cresceram. invadiu a Áustria. A construção de obras públicas estimulou a recuperação da economia. Os trabalhadores foram beneficiados com a regulamentação da jornada de trabalho e do salário mínimo. exigindo a devolução do Corredor de Gdansk. já ocupara a Renânia militarmente. Em 1938. contrariando as disposições do Tratado de Versalhes. empobrecidas com a crise e temerosas de uma equiparação com as camadas de menor poder aquisitivo. preparando o terreno para a eclosão da Segunda Guerra Mundial. ESTUDO DIRIGIDO 1 Cite duas medidas adotadas pelo New Deal. trabalhadores não especializados e jovens que não conseguiram ingressar no mercado de trabalho. os estratos mais pobres da população . . as classes médias. ocupada por alemães. A política expansionista de Hitler Os discursos proferidos por Hitler incitavam o expansionismo e a anulação do Tratado de Versalhes. Um acordo com os empresários fixou preços e estabeleceu limites de produção. especialmente aqueles que eram habitados por germanos: Em 1937. no auge da prosperidade. greves. 3. pela escassez de produção e solucionado através de medidas liberais. as pregações em favor do restabelecimento de um Executivo forte. Essa postura totalitária pretendia eliminar tanto as tendências individualistas das doutrinas liberais como o coletivismo pregado pelos marxistas. A França e a Inglaterra declararam guerra à Alemanha. devido ao crescente número de greves operárias. Este fenômeno foi: a) determinado. cresceu uma forte oposição aos governos liberais vigentes.subempregados. o totalitarismo reforçou o desenvolvimento armamentista. em 1936. criando o Eixo Roma-Berlim. Diante disso. Editora Exato 9 Um ano antes. A base social de apoio para essas pregações de direita era formada pelas seguintes camadas da população: a alta burguesia. preocupada em manter suas propriedades a salvo. O fascismo italiano e o nazismo alemão conquistaram o respaldo de muitos setores da população. Servindo de exemplo a muitos países. Era o início da Segunda Guerra Mundial. a devolução de suas colônias e a restituição dos territórios perdidos. conseguindo um financiamento junto à alta burguesia. No mesmo ano. 3 Caracterize a Europa após a I guerra mundial. ocorreu uma das maiores crises vividas pelo capitalismo mundial: a Crise de 1929. EXERCÍCIOS 1 No final da década de 20. Hitler invadiu seu território. b) O militarismo – pois a expansão é uma necessidade inerente à vida. Com relação aos regimes totalitários. pretendiam se integrar àquele país. d) O elemento essencial da doutrina nazista é o racismo. que fortalece os indivíduos e regenera o povo. nada pode estar acima do Estado. A partir dos seus conhecimentos e do texto. c) II e III. quer pregando o comunismo internacional. a população italiana foi tomada de intensa exaltação nacionalista. A sociedade poderia se organizar nos diversos movimentos e sindicatos. d) Os interesses do indivíduo estão totalmente subordinados ao Estado.d) pelo colapso da economia da Rússia. no nazismo (alemão) e no stalinismo (russo) as seguintes semelhanças: I – a eliminação da propriedade privada de caráter burguês. d) I e III. A nação representa a forma suprema de desenvolvimento e organização das sociedades. c) O nacionalismo. quer pela corrupção econômica e política. b) O fascismo era favorável ao nacionalismo. a idéia da superioridade da raça ariana levava os alemães a combater principalmente os judeus. o sentimento nacionalista teve o apoio dos judeus que. o Estado é totalitário. Estão (à) CORRETAS (a) somente: a) I. marque a ÚNICA alternativa que NÃO corresponde às características do Nazi-fascimo: a) Fortalecimento das forças sociais. após a revolução socialista e controlado pela adoção da Nova Medida Econômica (NEP). ou seja. Exercícios 1 2 3 4 C A A C Editora Exato 10 . III – a existência de um partido único que dá sustentação ao poder. à nação e seu instrumento é a guerra. II – o controle total sobre os meios de comunicações e de educação. Crise caracterizada pelo desemprego. 4 Podemos apontar no fascismo (italiano). 3 No período entre-guerras ocorreu uma tendência para a radicalização política e. ao partido único e à supremacia do Estado encarnado num chefe. b) I e II. c) A grave crise econômica e social gerada pela situação mundial em 1929. 2 Na década de 20. quer enfraquecendo o Estado Nacional. desde a unificação alemã. nesse contexto. o fascismo surge como uma oposição política de crítica às democracias liberais e ao comunismo soviético por considerar que essas duas formas de governo destroem o valor supremo da nação e da pátria. para dar suporte ao poder do Estado. destruição de colheitas e fábricas. criou condições para o avanço dos nazistas na Alemanha. EXCETO: a) Derrotada na Primeira Guerra. enquanto que na Alemanha (outro país derrotado). GABARITO Estudo Dirigido 1 2 3 Redução da produção de excedentes e construção de obras públicas para geração de empregos. são corretas as alternativas abaixo. Nacionalismo extremado e racismo. os movimentos nazi-fascistas ocuparam lugar relevante.
Copyright © 2022 DOKUMEN.SITE Inc.