Apostila Cont Int 1 - Fij 2009

March 28, 2018 | Author: Cassiano da Juliana | Category: Annual Report, Accounting, Law Of Obligations, Goodwill (Accounting), Economics


Comments



Description

Prof.Soares Aluno : Cassiano Ferreira lemos Turma : 2410 Prof Soares 1 1. Noções Preliminares 1.1. Introdução Com o advento da globalização e da desregulamentação da economia na maioria dos países do primeiro mundo, a inovação tecnológica, e, principalmente da tecnologia da informação, houve um conseqüente desenvolvimento e expansão do mercado de capitais em termos globais, principalmente a partir da última década do século passado. A informação contábil tornou-se ainda mais importante no processo decisório das empresas, tanto para os usuários internos – sócios e administradores –, quanto para os demais usuários externos – investidores, financiadores, fornecedores, governos e o público em geral. A contabilidade é, atualmente, um instrumento fundamental para auxiliar a administração moderna, e tem como principal objetivo a geração de informações para embasar as decisões a serem tomadas, bem como o de reduzir o seu grau de incerteza. Para isso, identifica, registra, mensura, e possibilita a análise e predição dos eventos econômicos que alterem o patrimônio de uma empresa. Uma organização que não disponha de um sistema contábil ágil e eficaz para evidenciar as oscilações e mutações relevantes em seu patrimônio e no resultado de suas operações e transações, em resposta às ameaças e oportunidades impostas pelo atual ambiente dos negócios, não estará apta a garantir a continuidade do empreendimento no tempo. Assim, as informações, geradas pela contabilidade e relatadas através das Demonstrações Contábeis e demais relatórios financeiros, são ferramentas imprescindíveis para o entendimento da posição passada, da situação atual e, principalmente, das expectativas futuras, garantindo dessa forma, aos usuários e gestores responsáveis pelos destinos da organização, informações para instruir o processo decisório com um grau de confiabilidade compatível com o atual ambiente econômico e mercadológico. Nesse sentido, percebe-se que o grau de confiabilidade nas informações de natureza contábil e financeira permite uma visão da estratégia dos planos da empresa bem próximos da realidade atual e também estimar posições e situações futuras. A confiabilidade nas informações de natureza contábil é, portanto, de primordial importância, para todos os que pretendam relacionar-se com a organização, quer como acionistas, financiadores, gestores, fornecedores, empregados e demais entidades. Prof Soares 1 Diante disso, nota-se que a responsabilidade dos contadores que preparam as informações contábeis nesse processo é imensa, tanto em termos da responsabilidade quanto da competência técnica. A credibilidade nas informações apresentadas está diretamente ligada à pessoa do preparador de tais informações, à capacidade e à ética profissional. Existe uma fronteira muito tênue e nebulosa que separa o que é legal do que é moral. Nem sempre as duas coisas, em se tratando de informações contábeis e financeiras, andam necessariamente juntas. Uma das principais características do contador é o grau de liberdade para escolher, em sua opinião, a melhor alternativa para resolver um problema contábil; e é por isso que podemos afirmar que três contadores fazendo a contabilidade da mesma empresa chegarão, fatalmente, a três resultados diferentes, a não ser que um copie do outro. Nesse contexto, a imposição do valor social da contabilidade abriga preceitos éticos nas diversas relações pessoais, interpessoais e institucionais, as quais tendem a influenciar as mudanças no âmbito conceitual e da ação do educador. Ao educador cabe a tarefa de alertar para a urgente necessidade de um reforço nas normas e no código de ética da conduta do profissional de Contabilidade. 1.2. Os Objetivos da Contabilidade O Conselho Federal de Contabilidade – CFC, através da Resolução CFC nº 1.121 de 28 de março de 2008, Aprova a NBC T 1 – Estrutura Conceitual para a Elaboração e Apresentação das Demonstrações Contábeis., que trata do Objetivo da Contabilidade, aponta que “O objetivo científico da Contabilidade manifesta-se na correta apresentação do Patrimônio e na apreensão e análise das causas de suas mutações”. Esse é um enfoque que sintetiza e procura demonstrar a lógica das informações fornecidas pela Contabilidade aos seus usuários internos e externos. Nessa mesma linha de raciocínio, o IASC – Internacional Accounting Standards Committee, que é a Comissão internacional de Normas Contábeis, elaborou uma estrutura conceitual denominada Framaework for the Preparation and Presentation of Financial Statments (1999, p.46) quando definiu, de forma mais ampla, o objetivo da Contabilidade: “é dar informações contábeis sobre a posição financeira, os resultados e as mudanças na posição financeira de uma empresa que sejam úteis a um grande número de usuários em suas tomadas de decisões”. 111111 Conceito Contabilidade é uma ciência De acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade (NBC T 1/2008) a social, cujo objeto é o Patrimônio das entidades. A contabilidade busca, por meio da apreensão, da financiadores e demais credores. c) Credores por empréstimos. sócios ou acionistas. fornecedores e outros credores comerciais. d) Fornecedores e outros credores comerciais. manter ou vender investimentos. da classificação. Eles necessitam de informações para ajudá-los a decidir se devem comprar. fornecedores. 1 quantificação. clientes. da demonstração. governos nos diversos níveis. Os credores comerciais provavelmente estão interessados em uma . internas ou externas . integrantes do mercado financeiro e de capitais. riscos e oportunidades que oferece. Os empregados e seus representantes estão interessados em informações sobre a estabilidade e a lucratividade de seus empregadores. clientes. seus benefícios de aposentadoria e suas oportunidades de emprego. Estes estão interessados em informações que lhes permitam determinar a capacidade da entidade em pagar seus empréstimos e os correspondentes juros no vencimento. 1.com interesse na entidade. os usuários da Contabilidade são todas as pessoas – físicas ou jurídicas. Segundo a mesma norma. do registro. empregados. da análise e relato das mutações ocorridas nos As informações geradas pela Contabilidade devem propiciar os seus usuários base segura às suas decisões pela compreensão do estado em que se encontra a entidade ou a empresa. sua evolução. sejam: administradores.Prof Soares patrimônios e gerar informações qualitativas e quantitativas. Os fornecedores e outros credores estão interessados em informações que lhes permitam avaliar se as importâncias que lhes são devidas serão pagas nos respectivos vencimentos.2.2 Usuários e suas necessidades de informação Entre os usuários das demonstrações contábeis incluem-se investidores atuais e potenciais. Os acionistas também estão interessados em informações que os habilitem a avaliar se a entidade tem capacidade de pagar dividendos. Também se interessam por informações que lhes permitam avaliar a capacidade que tem a entidade de prover sua remuneração. credores por empréstimos. além dos meios de comunicação e do público em geral. públicas ou privadas. governos e suas agências e o público. Os provedores de capital de risco e seus analistas que se preocupam com o risco inerente ao investimento e o retorno que ele produz. Essas necessidades incluem: a) Investidores. Eles usam as demonstrações contábeis para satisfazer algumas das suas diversas necessidades de informação. seu desempenho. empregados. b) Empregados. Os governos e suas agências estão interessados na destinação de recursos e. inclusive empregando pessoas e utilizando fornecedores locais. a mesma norma. 1. fazer contribuição substancial à economia local de vários modos. g) Público. em geral e antes de tudo.3. configurando um elemento essencial na relação entre o usuário e a própria informação. O atributo da Confiabilidade é o que faz com que o usuário. Os clientes têm interesse em informações sobre a continuidade operacional da entidade. Os Atributos da Informação Contábil De acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade (NBC T 1/2008). Necessitam também de informações a fim de regulamentar as atividades das entidades. . especialmente quando têm um relacionamento a longo prazo com ela. As demonstrações contábeis podem ajudar o público fornecendo informações sobre a evolução do desempenho da entidade e os desenvolvimentos recentes. que a informação deve propiciar revelação suficiente sobre a entidade para que o usuário se sinta informado. Os atributos indispensáveis para que isso ocorra são os seguintes: • • • • Confiabilidade Tempestividade Compreensibilidade. a não ser que dependam da e) Clientes. veraz e eqüitativa de forma a satisfazer as necessidades comuns a um grande número de diferentes usuários. a informação contábil deve ser. nas atividades das entidades.Prof Soares continuidade da entidade como um cliente importante. 1 entidade por um período menor do que os credores por empréstimos. As entidades afetam o público de diversas maneiras Elas podem. e Comparabilidade. não podendo privilegiar deliberadamente nenhum deles.2. pelo fato desses interesses não serem sempre coincidentes. Determina ainda. estabelecerem políticas fiscais e servir de base para determinar a renda nacional e estatísticas semelhantes. por exemplo. interno ou externo. f) Governo e suas agências. aceite a informação contábil e a utilize como base de decisões. portanto. ou dela dependem como fornecedor importante. conclui-se que o objetivo da Contabilidade é fornecer informações que sejam úteis aos diversos segmentos de usuários. p. A informação contábil. Deve ter a qualidade da relevância para influenciar nas decisões econômicas dos usuários. ajudando-os a avaliar eventos passados. apud Hendriksen & Breda (1999. A Compreensibilidade se refere a que a informação deve ser exposta de forma mais compreensível aos diferentes usuários. preços. Relevância quer dizer evidenciar valores relevantes. obrigações e outras operações planejadas). objetivando auxilia-los no processo decisório Para que a informação seja considerada útil.o atributo mais importante é o da Confiabilidade. 1. o CFC. A confiabilidade é fundamental nas decisões. nos EUA e no resto do mundo . segundo Iudícibus (1999. DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS.Prof Soares 1 A confiabilidade e a relevância da informação contábil. A informação. quanto mais relevante. a relevância também é uma das características ou qualidades mais importantes da informação contábil. p. Técnicas Contábeis Para atingir os seus objetivos a contabilidade se utiliza técnicas próprias. ou confirmando ou corrigindo avaliações passadas (deve evidenciar os custos.100). precisa ser relevante. de acordo com o FASB – Financial Accounting Standards Board. ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS. A Comparabilidade da informação contábil é um atributo que deve possibilitar ao usuário o conhecimento da evolução do patrimônio da entidade ao longo do tempo. é a “capacidade que a informação tem de fazer a diferença numa decisão”. . como por exemplo: • • • ESCRITURAÇÃO. ou seja. A confiabilidade.4. presentes ou futuros. o FASB e o IASC – organismos de normatização e emissão de pronunciamentos sobre Princípios e Normas Contábeis no Brasil. deve ser entendida por todos os usuários da informação contábil. deve ser confiável. mais confiável deve ser. Diante disso.2. para ser útil.97) são as principais qualidades especificas as decisões. Segundo o citado trabalho do International Accounting Standards Committee (IASC) intitulado Framework for the Preparation and Presentation of Financial Statements. Prof Soares • AUDITORIA. REFLEXOS NA CONTABILIDADE: contagem física dos bens. individual ou restrita a pequenos grupos. a utilização de livros e registros apropriados em obediência à legislação civil e societária.3. trabalhista e previdenciária. Estuda e pesquisa índices úteis para os usuários da informação contábil. a planificação dos elementos patrimoniais. início das relações comerciais com o advento das descobertas marítimas.da entidade. Auditoria Contábil – A técnica de verificação e avaliação da qualidade e confiabilidade dos registros e dos demonstrativos contábeis. Elaboração de demonstrações contábeis – Para que se tenha uma visão abrangente e consolidada da situação patrimonial – econômica e financeira . a estrutura patrimonial e outras análises econômicas e financeiras. e aos princípios e normas contábeis. o grau de solvência. . REFLEXOS NA CONTABILIDADE: necessidade de controle mais apurado em virtude das expedições marítimas. Contabilidade para o proprietário. auxiliando na comparação periódica da evolução da entidade no tempo.técnica que consiste no registro de todos os fatos que influem na composição do patrimônio. 1. A evolução do conhecimento Contábil SOCIEDADE PRIMITIVA CENÁRIO MUNDIAL: Economia baseada na agricultura e pecuária.é a técnica pela qual verifica-se a capacidade de pagamento da empresa. a evolução da empresa. formação de sociedades comerciais denominadas Comandita. SOCIEDADE AGRÍCOLA CENÁRIO MUNDIAL: Economia baseada na agricultura. tributária. 1 Escrituração . investimentos contabilizados no início das expedições e resultado apurado após a venda das mercadorias para atender às necessidades dos sócios e do estado. A escrituração envolve metodologia apropriada. para controle dos impostos. Pela análise de balanços á possível comparar a situação da empresa com outras dentro de sua área de atuação. Análise das Demonstrações Contábeis . método de produção artesanal. sendo responsável pelo planejamento tributário da empresa. REFLEXOS NA CONTABILIDADE: harmonização das normas internacionais de contabilidade. produtos e performance gerencial. difusão da tecnologia da informação e das telecomunicações. reconhecimento sistemático da depreciação.4. Observe que não há meios objetivos de identificação individual dos itens constantes deste valor. Áreas de Atuação do Contador e Perspectivas As principais áreas tradicionais de atuação do contador são as seguintes: • Contabilidade fiscal (ou tributária) . auditoria externa. Entretanto. . mensuração de custos. um comprador examinando a situação da empresa paga $ 26. formação de grandes empresas na área industrial e de prestação de serviços. recurso do conhecimento. 1.000. separação dos custos da produção. REFLEXOS NA CONTABILIDADE: Sistemas de informações contábeis. as duas grandes guerras mundiais. SOCIEDADE DO CONHECIMENTO CENÁRIO MUNDIAL: Economia globalizada. Esta área de atuação possui uma remuneração bastante atrativa para os profissionais especializados.000. mecanização do trabalho e produção em série. informatização da produção e do trabalho.000.participa do processo de elaboração de informações para o fisco federal estadual e municipal. divulgação de relatórios para atender aos acionistas. Suponha que uma empresa seja avaliada pelo valor de mercado em $ 20. 1 Goodwill: Podemos conceituar o Goodwill como a diferença entre o valor da empresa (valor avaliado) e o seu valor de mercado. Pode ser considerado como o somatório de vários itens não identificáveis como os descritos acima. novas formas de mensuração do valor da empresa. Não confundir com o ágio que é a diferença entre o valor da empresa e seu valor contábil. sistema de informações contábeis para decisões estratégicas. organização formal de institutos e órgãos contábeis. obrigatoriedade de pagamento de impostos para pessoas físicas e para pessoas jurídicas. sistemas de informações gerenciais. Primeiro trabalho sistemático abordando o Goodwill. Neste caso temos um goodwill de $ 6.Prof Soares SOCIEDADE INDUSTRIAL CENÁRIO MUNDIAL: Economia baseada no capital e no trabalho. realização do orçamento governamental e formas de controle e divulgação. gerentes e governo. Administração científica. Estas áreas poderão vir a ser um grande campo de trabalho para o contador: • Contabilidade Atuarial . através de um adequado controle dos insumos efetuado por um sistema de informação gerencial. sendo que este é um campo possui um amplo mercado de trabalho devido às dimensões continentais de nosso país. • • • Perícia Contábil . vêm tendo grande destaque no processo de privatização e no desenvolvimento do mercado de capitais.responsável pela elaboração e consolidação das demonstrações contábeis para fins externos.Através de empresas de auditoria ou através de setores internos da organização controla a confiabilidade das informações e a legalidade dos atos praticados pelos administradores. Os auditores.4. Análise Econômico-financeira . Contabilidade Financeira . Atua na elaboração de análises sobre a situação patrimonial de uma organização a partir de seus relatórios contábeis.responsável pela contabilidade de fundos de pensão e empresas de previdência privada.Voltada para a melhor utilização dos recursos econômicos da empresa. • Contabilidade Gerencial e Controladoria . Professor. • • Avaliação de Projetos . Tornou-se muito importante com o aumento da concorrência provocada pela abertura do mercado aos produtos estrangeiros e na desregulamentação da economia. Pesquisador e Palestrante – À medida que a formação profissional do contador se torna Profissional. • Contabilidade de Custos – atualmente é uma das áreas mais valorizadas no Brasil e internacionalmente. tanto no Legislativo. com a estimativa do fluxo de caixa e o cálculo de sua atratividade para a empresa.Denominação moderna para a análise de balanços. . A gestão estratégica de custos se destaca como ferramenta de decisão na formação dos preços dos produtos e serviços das organizações. Área de atuação exclusiva do contador.no controle e gestão das finanças públicas. tanto internos quanto externos. no Executivo e no Judiciário. O controller é um dos profissionais com melhores remunerações no mercado.Prof Soares • 1 Contabilidade pública . as disposições legais que envolvem conceitos contábeis. a pesquisa e a divulgação da ciência da contabilidade para a sociedade. os horizontes da contabilidade foram ampliados propiciando um terreno fértil para o ensino. Na União. 1. • Auditoria . nos Estados e nos milhares de municípios existem atribuições em diversas áreas e níveis.1. Áreas Emergentes e Perspectivas: Além das áreas citadas anteriormente é importante destacar algumas áreas emergentes onde existe uma grande perspectiva de crescimento profissional.Elaboração e análise de projetos de viabilidade de longo prazo.Atuando na elaboração de laudos em processos judiciais ou extrajudiciais. Ao longo dos anos. produtividade. numa tentativa de normalizar e de se chegar a uma melhor forma de controlar o patrimônio de uma entidade. qualidade e apresentação dos informativos contábeis. diversos critérios foram desenvolvidos. informações. destaca-se também a internet. guias. .responsável por informações sobre o impacto ambiental da empresa no Contabilidade Social . 1 Contabilidade Ambiental .Prof Soares • • • meio-ambiente. além facilitar o cumprimento das obrigações acessórias das empresas – cadastros. declarações.dimensionando o impacto social da empresa.As perspectivas são as melhores possíveis. A informática contribuiu. distribuição da riqueza etc. com sua agregação de riqueza e seus custos sociais. Planejador Tributário Analista Financeiro Contador Geral Cargos Administrativos Na Empresa Auditor Interno Contador de Custo Contador de Custo Contador Gerencial Contador Gerencial Atuário Atuário Auditor Independente Consultor Empresário Contábil Perito Contábil Investigador de Fraude Professor Pesquisador Independente (Autônomo) Contado No Ensino Escritor / Tradutor Parecerista Conferencista Contador Público Ag. diversas opções foram efetuadas.Públicos Tribunal de Contas Oficial Contador Quadro 1 Visão Geral da Profissão do Contador 1. Os softwares contábeis estão cada vez mais integrados e facilitando a operacionalidade dos registros contábeis. Fiscal de Renda Órgão Público Diversos Conc. gerenciais e de auditoria. na qual os órgãos governamentais disponibilizam aplicativos tributários e toda a legislação pertinente. São ferramentas alavancadoras no processo de qualidade.5 PRINCÍPIOS CONTABEIS A contabilidade é uma ciência de caráter essencialmente prático. contribui e contribuirá muito na velocidade. Contabilidade de Empresas Transnacionais . etc -. 5. constituindo-se em elemento autônomo em relação aos detentores do capital aplicado. nesse mesmo patrimônio e.5. como se diz com frequencia.5. 1 Considerando o patrimônio da entidade como objeto da contabilidade são identificados sete princípios da contabilidade que são: Principio da Entidade Principio da Continuidade Principio da Oportunidade Principio do Registro pelo valor original Principio da Atualização Monetária Principio da Competência Principio da Prudência O estudo destes princípios é de relevante importância para a execução de trabalhos que envolvam a contabilidade.3 Principio da Oportunidade A integridade dos registros é de fundamental importância para a análise dos elementos patrimoniais. estudado. os princípios são a exteriorização de critérios aceitos pela maioria dos contadores. É por este motivo que a receita federal solicita aos contribuintes duas declarações de renda: uma da pessoa física e outra da pessoa jurídica. . incluindo os das filiais. 1.2 Principio da Continuidade Os procedimentos contábeis devem considerar a continuidade dos negócios da entidade. pois todos os fatos contábeis devem ser registrados. uma vez que esses negócios se renovam por meio de seu ciclo de operações e investimentos.1 Principio da Entidade O principio da entidade faz referencia ao patrimônio que será administrado. o patrimônio dos sócios não se confunde com o da empresa (entidade). avaliado.Prof Soares Assim. Vamos a eles: 1. sucursais e demais dependências de um a mesma entidade. pois todas as empresas que sofreram algum tipo de autuação certamente deixaram de obdecer a um ou mais dos Princípios Fundamentais da Contabilidade. 1. ainda que estando a inflação estável. A falta de aplicação do principio da atualização monetária traz uma perda na qualidade e utilidade das demonstrações contábeis. A resolução do CFC 900/01 estabelece a aplicação deste principio quando a inflação acumulada no triênio atingir 100%.Prof Soares quando eles acontecem. não s elevando em conta os valores futuros de entradas ou de saídas. 1. Esta resolução também determina que o IGPM será usado compulsoriamente e devera se amplamente divulgado nas demonstrações contábeis.5.6 Principio da Competência Por este principio entende-se que as receitas e as despesas devem ser consideradas para a apuração do resultado do período a que se referirem e no momento de sua ocorrência. inclusive para fins societários".5. 1. Quando as transações forem realizadas em moedas estrangeiras as mesmas deverão ser convertidas para a moeda corrente em nosso país para a efetivação de seu registro contábil. Qualquer variação patrimonial devera ser reconhecida no momento d e sua ocorrência e não do momento da entrada dos elementos patrimoniais. 1.Índice Geral de preços do Mercado.4 Principio do Registro pelo Valor Original 1 Este principio tem muito a ver com o da Tempestividade pois implica registrar os fatos contábeis Este princípio reza que os elementos patrimoniais devem ser registrados pelo valor originados nas transações com os agentes externos a entidade e em moeda corrente do País. . “Fica vedado a utilização de qualquer sistema de correção monetária de demonstrações financeiras.5 Principio da Atualização Monetária Deverão ser reconhecidas as variações do poder aquisitivo da moeda nacional nos registros contábeis das entidades e por consequencia s nas demonstrações contábeis.5. A legislação fiscal veio coibir esta atualização a partir de 01/01/1996 por meio do artigo 4 da lei 9249 de 26/12/1995. índice este calculado com base no IGPM . Certamente os índices de rentabilidade em relação ao patrimônio liquido estarão irremediavelmente prejudicados. Sob o ponto de vista contábil. Devemos reconhecer o menor valor para o ativo e o maior valor para o passivo. os bens podem ser: materiais ou tangíveis — possuem corpo.).5.) ou imóveis (casas. São determinados gastos que por sua natureza devem ser considerados parte do patrimônio. Ex. instalações. patentes etc. 1 Para a determinação do resultado do período a realização da receita deve ser reconhecida quando bens ou serviços são transferidos a terceiros. são móveis (dinheiro.. é tudo aquilo que a empresa possui para usar. móveis e utensílios etc. de venda: mercadorias em estoque. Segundo sua constituição física. c) Bens de Troca (calçados para venda. Os bens podem ainda ser classificados. fixos ou imobilizados – representam os bens duráveis com vida útil superior a um ano: imóveis. quanto a sua utilização e: a) Bens de Uso (balcão.. respectivamente etc.: benfeitorias em propriedade de terceiros. fundo de comércio (ponto comercial).Prof Soares Não importa momento que a receita foi recebida ou o momento em que a despesa foi paga. BENS . máquinas. consumir ou trocar.. PATRIMÔNIO E o conjunto de bens. material para limpeza. 1.7 Principio da Prudência O principio da prudência deve ser observado quando surgirem duvidas sobre a correção dos valores a serem registrados. direitos e obrigações.. de uma pessoa física ou jurídica. veículo.. As despesas devem ser registradas dentro do período e quando são consumidas. equipamentos. de renda – não destinados aos objetivos da empresa: imóveis destinados à renda ou aluguel. no caso de loja de calçados e Imobiliária. b) Bens de Consumo (papel para embrulho.não tem matéria. ½ kg de pó de café etc.São coisas capazes de satisfazer as necessidades humanas e suscetíveis de avaliação econômica. vitrina.) Os bens também podem ser: • • • • numerários: dinheiro. espelho etc. Os bens podem ser classificados de acordo com o modo que forem considerados. Imóveis para venda. veículos. . prateleira. caixa registradora. terrenos) imateriais ou intangíveis — não possuem corpo. avaliado cm moeda.). São as dívidas ou compromissos de qualquer natureza ou espécie assumidos perante terceiros. isto é. Do lado esquerdo do “T” colocamos os bens e direitos (elementos positivos . Direitos (Duplicatas a Receber R$ 5.00: Mercadorias = R$ 15.500. dispensa a formalidade do aceite.000. clientes. lubrificantes. direitos e obrigações. isto é.00). Ex: duplicatas a receber.passivo). Depois de consumidos. PATRIMÔNIO ATIVO ELEMENTOS POSITIVOS PASSIVO ELEMENTOS NEGATIVOS . impostos a recolher. direitos e obrigações seus respectivos valores. Geralmente aparecem com os nomes dos elementos seguidos da expressão a Receber.Prof Soares • 1 de consumo – não duráveis ou que são gastos ou consumidos no processo produtivo. contas a pagar. fornecedores. OBRIGAÇÕES . material de escritório. Mercadorias). representam despesas: combustíveis. Ex: Bens (Caixa. material de limpeza etc . contribuições a recolher etc. Obrigações (Duplicatas a Pagar). o tipo do patrimônio.São os valores a serem recebidos de terceiros por vendas a prazo ou valores de nossa propriedade que se encontram em posse de terceiros (empréstimos). títulos a pagar.ativo) e do lado direito as obrigações (elementos negativos do patrimônio . Duplicata – título de crédito cuja quitação prova o pagamento de obrigação oriunda de compra de mercadorias ou de recebimento de serviços. Direitos (Duplicatas a Receber). utilizamos o “T” para representar graficamente o patrimônio.00). É emitida pelo credor (vendedor da mercadoria) contra o devedor (comprador). ou bens de terceiros que se encontram em nossa posse (uso). Por se tratar de título emitido pelo devedor a favor do credor. DIREITOS . Ex: duplicatas a pagar. O aspecto quantitativo refere-se a quantidade ou expressão em valores monetários do patrimônio. Ex: Bens (Caixa R$1. REPRESENTACÃO GRÁFICA DO PATRIMÔNIO A fim de facilitar a aprendizagem. títulos a receber. notas promissórias a pagar.000. Geralmente aparecem com os nomes dos elementos seguidos da expressão a Pagar.00). Obrigações (Duplicatas a Pagar R$3. reconhecendo seu débito. Este procedimento é denominado aceite. pelo qual deve ser remetida a este último para que a assine. adiantamento feito a fornecedores etc. contas a receber.000. ASPÉCTOS QUALITATIVO E QUANTITATIVO DO PATRIMÔNIO O aspecto qualitativo consiste em qualificar os bens. dar a esses bens. Nota Promissória – título de dívida líquida e certa pelo qual uma pessoa se compromete a pagar a outra uma certa quantia em dinheiro num determinado prazo. É o capital próprio do (s) titular (es). formado pelo capital inicial (nominal) subscrito e integralizado mais reservas e mais ou menos. portanto. PASSIVO Obrigações = SITUAÇÃO LIQUIDA (PL) Capital Próprio . Ativo (A) – compreende os bens e os direitos da entidade. Esta parte diferencial (PL/SL) é que vai medir ou avaliar a situação ou condição da entidade sendo. direitos e obrigações iguala/completa a equação patrimonial. devendo ser somado (ou subtraído) das obrigações de modo a igualar os elementos positivos (ativo). É a parte positiva. 3a. 2a. considerado como Passivo Não Exigível.404/76) é colocado sempre do lado direito. No gráfico (Balanço Patrimonial – Lei 6. Patrimônio Líquido (PL) ou Situação Líquida (SL) – é a parte diferencial (diferença) entre o Ativo e o Passivo Exigível. É a parte do patrimônio que pertence aos sócios. É a parte negativa.Prof Soares Bens Caixa (dinheiro) Estoque de Mercadorias Móveis e Utensílios Direitos Duplicatas a Receber Promissórias a Receber PATRIMÔNIO LÍQUIDO Obrigações Salários a pagar Duplicatas a pagar Impostos a Pagar 1 Grupo que juntamente com os bens. PATRIMÔNIO ATIVO Bens Caixa (dinheiro) 50 Estoque de Mercadorias 100 Móveis e Utensílios 200 Direitos Duplicatas a Receber 50 Promissórias a Receber 100 TOTAL 500 PASSIVO Obrigações Salários a Pagar Duplicatas a Pagar Impostos a Pagar Patrimônio Líquido Capital Lucros Acumulados TOTAL 100 30 10 300 60 500 EQUAÇÃO PATRIMONIAL ATIVO Bens + Direitos Composição Patrimonial Como vimos. Passivo Exigível (PE) – composto das obrigações com terceiros. com os elementos negativos (passivo). respectivamente. lucro ou prejuízo. também denominada Patrimônio Bruto. O patrimônio líquido representa as obrigações da entidade para com os sócios ou acionistas (proprietários) e indica a diferença entre o valor dos bens e direitos (Ativo) e o valor das obrigações com terceiros (Passivo Exigível). o patrimônio é dividido em três partes: 1a. o PL será nulo. maior ou menor que zero.Prof Soares Os valores do Ativo e do Passivo Exigível serão. Equações: a) PL/SL = A – PE P = 300 A = 200 b) A = PE + PL c) PE = A – PL d) PE = A + PL SL Negativa. 1 O valor do PL/SL. Ativa ou Superavitária Riqueza Própria 2) Situação Desfavorável (PL/SL – . Equações: a) PL/SL = A – PE P A PL b) A = PE + PL c) PE = A . Nessa hipótese. Nessa hipótese. ou PASSIVO A DESCOBERTO) Ocorre quando os bens e direitos (Ativo) forem menores que as obrigações com terceiros (PE). poderá ser igual. Equações: . por representar a situação líquida em que a entidade se encontra. onde PL = 0. SITUAÇÕES OU ESTADOS PATRIMONIAIS 1) Situação Favorável (PL/SL +) Ocorre quando os bens e direitos (Ativo) excedem o valor das obrigações com terceiros (PE). necessariamente. logo PL = 0) Ocorre quando os bens e direitos (Ativo) forem iguais às obrigações com terceiros (PE). as obrigações com terceiros (PE) serão nulas. Deficitária (PL) = (100) Inexistência de riqueza própria Passivo a Descoberto 3) Situação Nula ou de Equilíbrio Aparente (A = PE.PE A P b) A = PE + PL.PL SL Positiva. iguais ou maiores que zero. Equações: a) PL/SL = A . Desfavorável. logo A = PE Inexistência de riqueza própria SL Nula ou Equilibrada 4) Situação Plena ou Propriedade Total dos Ativos ( A = PL. logo PE = 0) Ocorre quando os bens e direitos (Ativo) forem iguais ao Patrimônio Líquido. Caso a entidade decidisse alienar os bens. dificilmente ocorrerá. Observamos que o passivo mostra a origem dos capitais. logo A = PL A PL Inexistência de Passivo Propriedade plena do Ativo 1 Essa situação. O Capital Total à disposição da empresa representa os recursos totais que a empresa dispõe.Prof Soares a) PL/SL = A . eventualmente. Dessa forma podemos resumir: As origens dos recursos são: . receber os direitos e pagar as obrigações. logo A = 0) Ocorre quando as obrigações com terceiros (PE) forem iguais ao Patrimônio Líquido negativo. SITUAÇÃO LÍQUIDA PATRIMONIAL IMPOSSÍVEL: SITUAÇÃO LÍQUIDA MAIOR QUE O ATIVO ORIGEM E APLICAÇÃO DE RECURSOS Vimos que o Capital Nominal representa um elemento do grupo do Patrimônio Líquido e que. no início das operações da entidade. isto é. onde PE = 0. estaria assim representada. o Ativo será nulo.PE b) A = PE + PL. Nessa hipótese. na prática. representa os bens e/ou os direitos com os quais o proprietário inicia suas atividades. quando da constituição da empresa. 5) Inexistência de Ativos (PE = PL.PE b) A = PE + PL. e está composto pelos capitais próprios e os capitais de terceiros. Equações: a) PL/SL = A . onde A = 0. pode acontecer. logo (PL) = PE PL = 100 P = 100 Inexistência de Ativo Existência apenas de dívidas SL negativa Ou PE =100 A= 0 (PL) = (100) Observe a segunda situação (Passivo a Descoberto). Os capitais de terceiros são obrigações que correspondem à parte que a empresa deve a terceiros. como a empresa conseguiu os recursos que possui. 000 em dinheiro. sendo: • em Dinheiro • em Veículos Total do Capital R$ 5. Suponhamos que uma pessoa deseje iniciar suas atividades (abrir uma loja) e possua R$ 5.000 em dinheiro constituem o seu Capital Inicial. ou seja. R$ 60.000 em dinheiro e um caminhão no valor de R$ 60. portanto elencados no lado esquerdo do “T” na sua representação gráfica. Empréstimos de Terceiros = 50 Aplicação dos Recursos: Caixa = 20. Quando a empresa está sendo constituída. a palavra Capital é usada para representar o conjunto de elementos que o proprietário da empresa possui para iniciar suas atividades. Por exemplo: Maria vai abrir uma butique. seu Capital Inicial é R$ 65. veículos.000. O Capital Inicial pode ser composto por: dinheiro.000 R$ 65. Neste caso. Ela possui. um Capital. para esse fim. o que implica em que Ativo = Aplicação dos Recursos. Todos os elementos do Ativo são positivos do patrimônio. Sua soma (bens + direitos) representa o capital total à disposição da empresa. imóveis. inicialmente. 20 80 50 150 Capital Total 100 150 PASSIVO Empréstimos 50 ORIGEM = APLICAÇÃO DE RECURSOS / ATIVO .000 R$ 60.000 . móveis. Mercadorias = 50 Representação gráfica: BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO Caixa Banco c/movimento Mercadorias Total.(obrigações) = (capital) FORMAÇÃO DO PATRIMÔNIO Para se constituir uma empresa é preciso que se tenha. esses R$ 60. Observe o seguinte exemplo: Origem de recursos: Capital Inicial = 100. no Ativo.PASSIVO = PATRIMÔNIO LÍQUIDO (capital + empréstimo) = (caixa + banco + mercadorias) / (bens + direitos) . Logo. Banco c/ movimento = 80. promissórias a receber etc.Prof Soares Capitais de Terceiros = Obrigações Capitais Próprios = Patrimônio Líquido (Capital Nominal + Reservas + Lucros) 1 Esses recursos são aplicados na empresa em bens e direitos.000. 000. investimento inicial em dinheiro.000. pois R$ 35. portanto. Com essas compras. Assim. o elemento Capital correspondendo ao grupo do Patrimônio Líquido. através do Balanço Patrimonial temos: Balanço Patrimonial ATIVO Caixa 50. O Patrimônio passou a ser representado do seguinte modo: Balanço Patrimonial ATIVO Caixa 15.000. à vista: R$ 30.000 Raciocinando em termos da equação fundamental do Patrimônio.000.000. em dinheiro. com um Capital Inicial. a cada acontecimento. à vista: R$ 5. no Passivo.000 foram gastos nas aquisições citadas.Prof Soares Exemplo de formação do Patrimônio e suas variações 1 Vamos acompanhar a formação do Patrimônio de uma empresa comercial e alguns exemplos de sua movimentação. Vamos representar o patrimônio de Felisberto Jorge nesse momento. essa importância representará. onde Ativo é igual a Passivo mais Patrimônio Líquido (A = P + PL).000 . Reservas e Lucros ou Prejuízos Acumulados.000 PASSIVO Capital 50. dinheiro é um bem. ficou reduzido a R$ 15.000 em dinheiro. essa situação está coincidindo com o grupo Patrimônio Líquido (Capital = R$ 50. com o nome de Capital. Veja que ele está iniciando suas atividades com R$ 50.000.000). no valor de R$ 5.000 Capital PASSIVO 50. o Passivo composto pelas Obrigações e o Patrimônio Líquido composto por Capital. Compra de um automóvel. • Veículos. Evidentemente. a Situação Patrimonial respectiva: 1. a Situação Líquida Positiva. temos: • • no Ativo. Em seguida.000. ele terá esta importância no Ativo representada pelo elemento Caixa. veja o que aconteceu no Patrimônio: O Caixa. que tinha R$ 50. Assim. surgem as aplicações desse Capital na compra de bens: • • Compra de móveis e utensílios.000. isto é. apareceram no Ativo mais dois elementos (Bens): • • • Móveis e Utensílios. no Balanço Patrimonial. uma vez que a Situação Líquida da empresa é positiva de R$ 50. Em compensação. o elemento Caixa correspondendo ao grupo dos Bens. representando os elementos componentes do Patrimônio apenas com essa ocorrência. no valor de R$ 30. de R$ 50. representando. Como estamos constituindo o Patrimônio de Felisberto Jorge com um Capital Inicial de R$ 50. sendo o Ativo composto por Bens mais Direitos.000 em dinheiro. Felisberto Jorge constitui uma empresa para explorar o comércio de tintas. 2. conforme aceite de Duplicatas no valor de R$ 20. pois o Caixa será diminuído de R$ 5.000 15. O Patrimônio da empresa de Felisberto Jorge. para revenda. Móveis e Utensílios. que a empresa de Felisberto Jorge efetue o pagamento.000. tanto o Ativo quanto o Passivo serão aumentados. pela entrada das mercadorias (Bens). Por isso.Prof Soares Móveis e Utensílios Veículos TOTAL 5.000.000 TOTAL 70. Após essa operação de compra de mercadorias a prazo. e uma diminuição também no Passivo. o Patrimônio será representado da seguinte maneira: Balanço Patrimonial ATIVO Caixa Móveis e Utensílios Veículos Estoque de Mercadorias TOTAL não sofreram nenhuma alteração.000 50. Esse pagamento acarretará uma diminuição no Ativo.000. Sentindo necessidade de adquirir outros Bens para se expandir. no valor de R$ 5. pois .000. Nesse caso. e sendo o seu Capital insuficiente.000 5. em dinheiro.000 Capital PASSIVO Duplicatas a Pagar 20. a empresa compra a prazo: Compra a prazo de mercadorias (tintas). embora tenha havido movimento no Patrimônio.000 5. Suponhamos.000 70. Veículos e Capital permanecem os mesmos. após esta operação. pela extinção de parte das Obrigações em R$ 5. Apenas houve troca de valores no Ativo: o Caixa diminuiu em R$ 35. de uma Duplicata. assim.000. será representado assim: Balanço Patrimonial ATIVO Caixa Móveis e Utensílios 10. agora.000 TOTAL 50. para vencimentos em 30 e 60 dias.000 50. da Casa de Tintas Taubaté. o elemento Capital.000 1 Note que. repete-se. 4. no lado do Passivo. pela obrigação contraída através do aceite das Duplicatas.000 20. ela passa a trabalhar com Capital de outras pessoas. o Patrimônio Líquido permanece. mas esse valor apareceu novamente em Móveis e Utensílios e Veículos.000 30. o seu valor total não se alterou. O Ativo. 3. Cria.000 30.000 Note que os elementos Caixa. No lado do Passivo não houve alteração. Obrigações para futuros pagamentos.000 Capital PASSIVO Duplicatas a Pagar 15. Quando a empresa compra a prazo.000 50. e o Passivo. registra e controla o patrimônio das empresas. apresentando uma nova Situação Patrimonial. controla e interpreta os fatos ocorridos no patrimônio das empresas de capital aberto mediante a revelação desses fatos. dizem respeito. Os elementos positivos do patrimônio são os bens e os direitos e os elementos negativos. interpretações e orientação sobre a composição e as variações desse patrimônio. cada fato que ocorre na empresa modifica o seu Patrimônio. O Capital inicial da empresa poderá ser constituído: a) Por dinheiro e obrigação de sócio.Prof Soares Veículos Estoque de Mercadorias20. com o fim de oferecer informações.000 TOTAL 65. “Direitos são valores que a empresa tem a receber de terceiros”. controla e interpreta os fatos ocorridos no patrimônio das entidades mediante o registro.000 1 Observe que. São técnicas contábeis. c) Por dinheiro.000 TOTAL 65. a) O sócio da empresa b) O sócio da empresa concorrente c) Qualquer pessoa (física ou jurídica) que mantenha qualquer relação comercial com a empresa. interpretações e orientação sobre a composição e as variações desse patrimônio. respectivamente: a) Aos aspectos quantitativo e qualitativo c) Ao Ativo e ao Passivo b) Ao Passivo e ao Ativo d) Aos aspectos qualitativo e quantitativo 7. títulos de crédito e promissórias a pagar. b) Estuda. com o fim de oferecer informações. com o fim de oferecer informações. 4. móveis e direitos de sócio. para a tomada de decisões de seus administradores. para a tomada de decisões de seus administradoresEstuda. d) A própria empresa 8.Os bens materiais também são chamados: a) Tangíveis b) Intangíveis 6. as obrigações. exceto: a) Escrituração b) Auditoria c) Administrativas c) Imateriais d) Análise de Balanço d) de consumo c) Fornecer informações sobre os gestores. Neste caso não pode ser considerado “terceiro”. para o controle e a tomada de decisões de seus administradores. A principal finalidade da Contabilidade é: a) Verificar se houve fraude b) Fornecer informações sobre o patrimônio 3. c) Estuda. interpretações e orientação sobre a composição e as variações desse patrimônio. a demonstração e a revelação desses fatos.000 30. Assinale alternativa que possui somente obrigações: . d) NDA 2. d) Por dinheiro. 5. b) Por dinheiro e móveis e utensílios e duplicata a pagar. controla e interpreta os atos ocorridos no patrimônio das entidades mediante a revelação desses atos. EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 1. d) Calcular os impostos. A expressão monetária do patrimônio e qualidade do mesmo. A expressão “bens móveis e bens imóveis” diz respeito a bens: a) de consumo b) de troca c) Imateriais d) materiais ou tangíveis 9. A contabilidade e a ciência que: a) Estuda. marcas e patentes. devedores diversos e outros créditos. duplicatas a pagar.Prof Soares a) b) c) d) Empréstimos concedidos. c) B-O-D-D-D-O. É uma origem de recursos. contas e prestações a pagar. Classifique os elementos constantes do quadro abaixo em: A — Bens ou Direitos ou Obrigações B — Positivo ou negativo C — Ativo ou Passivo ELEMENTOS Caixa Banco conta Movimento Duplicata a Receber Computador Ferramentas Fornecedores Duplicatas a Pagar Móveis e utensílios Imóveis Estoques Máquinas e Equipamentos Instalações Impostos a Pagar Nota Promissória a Receber Empréstimos concedidos Empréstimos Obtidos Aplicações Financeiras Nota Promissória a Pagar Empréstimo ao sócio A B C 15. ) Clientes. ) Fornecedores. Impostos a pagar. prestações e contas a receber. exceto: a) Pode ser maior que o Passivo b) Pode ser menor que o Passivo c) d) Pode ser maior que o Ativo Pode ser menor que o Ativo b) Empréstimos Concedidos d) Compras a Prazo b) O Passivo é maior que o Ativo d) O Ativo é menor que o Passivo 13. duplicatas a receber. Escreva nos parênteses “B” para bens. Situação líquida positiva é aquela em que: a) O Ativo é igual ao Passivo c) O Ativo é maior que Passivo 11. credores diversos e outros débitos. edificações e terras. banco conta movimento. 14. carnês. Empréstimos obtidos. 1 10. fornecedores. “D” para direitos e “O” para obrigações e marque a alternativa correta: ( ( ( ( ( ( ) Automóvel. podemos afirmar. empréstimos obtidos. d) B-O-D-B-D-D. Em relação a Situação Líquida. ) Dinheiro. apartamento. b) B-O-D-B-O-D. aluguéis a pagar. ) Ordenados. caminhão. fornecedores. duplicatas. jóias. Caixa. ) Aluguéis. a) B-O-D-B-D-O. impostos. O Patrimônio de uma empresa está assim repesentado . exceto: a) Capital social c) Fornecedores 12. duplicatas a receber. respectivamente.000 . respectivamente: a) 80.60. porque o passivo é menor que o ativo.000 Impostos a pagar R$ 15. Dados para responder as questões nº 20 a 22: Dinheiro em caixa R$ 50.50. o passivo indica origem dos recursos ingressados na entidade.000.000 Assim podemos afirmar que o valor do ativo. Então.000 — R$ 70. respectivamente. respectivamente. c) o Balanço Patrimonial é a representação gráfica do patrimônio de uma entidade num determinado momento. 21. c) R$ 290. dos direitos e das obrigações é: a) R$ 290. Marque a afirmativa incorreta: a) a situação líquida é a diferença entre a expressão monetária do ativo e do passivo.000 — R$ 70. d) uma entidade que possua bens e direitos.80.000 Móveis para uso R$ 30.20. respectivamente. encontra-se na situação de ter passivo nulo e patrimônio líquido igual ao ativo.000 — R$ 350.000.000 — R$ 350. O valor do ativo.000 Obrigações: R$ 20. b) positiva.60. c) R$ 350.000 — R$ 70. .000 . b) se o ativo é maior que o passivo.000 — R$ 60.000 1 16. e) ocorre situação líquida passiva quando o valor do passivo supera o valor do ativo.000 Mercadorias para vender R$ 90. respectivamente.000 Duplicatas a receber R$ 60. O passivo e o patrimônio líquido positivo de uma empresa somam R$ 400 e R$ 300. b) R$ 290.000 — R$ 280.000 b) 80. 18.Prof Soares Bens: R$ 50. respectivamente. d) R$ 210.000. Com os dados da questão nº 15 podemos afirmar que: a) o patrimônio líquido é positivo.000 . d) todas as afirmativas estão corretas. c) enquanto o ativo indica aplicação de capitais.000 — R$ 60. porque a soma dos bens mais os direitos é maior que a soma das obrigações. b) R$ 210. do passivo e do patrimônio líquido é: a) R$ 420. respectivamente. d)”A” e “B” estão incorretas. b) o patrimônio líquido é positivo.000.000 .20. 17.30.000 Duplicatas a pagar R$ 55. 22.000 — R$ 70. d) R$ 350.000 Direitos: R$ 30.000.000 — R$ 140. Marque a afirmativa incorreta: a) o ativo é a parte positiva do patrimônio e compreende os bens e direitos da entidade e aparece no lado esquerdo do balanço. A situação líquida é: a) positiva.000 — R$ 70. porque a soma dos bens mais os direitos é maior do que a soma das obrigações.000 — R$ 70.000.000 d) 50. c) o patrimônio líquido é positivo.000 Automóveis para uso R$ 40. o valor do ativo é: a) R$400 b) R$100 c) R$700 d) R$300 19. mas não responda por dívidas.000 — R$ 0. b) o passivo é a parte negativa do patrimônio e compreende os direitos e as obrigações da entidade em um dado momento. porque o valor do ativo é maior do que o do passivo. do patrimônio líquido e do passivo é. porque o ativo é maior que o passivo. respectivamente.000 Empréstimos concedidos R$ 80.000 — R$ 140.000 . c) “A” e “B” estão corretas.000 20 O valor dos bens.000 .000 c) 80.000. respectivamente.000 .20.000 . a diferença chama-se lucro.000 — R$ 210.000 — R$ 70. d) bens de uso. 2 veículos para transporte de seus funcionários e 3 veículos estão locados a terceiros. d) todas as afirmativas estão corretas 25. d)reserva. 29. c) patrimônio líquido. que serve de estacionamento aos clientes . a soma dos bens e direitos é igual à soma das obrigações. b) D-C-B-B-E.Imóveis que uma construtora possui para vender a) D-B-B-B-C. c)B-B-E-B-C. “B” para bens de uso. Marque a alternativa correta. A dotação inicial. b) B-B-B-B-C. ( ( ( ( ( ) ) ) ) ) ) .000. c)o capital social é R$ 25. d)B-B-B-C-C. c) A-B-B-C-D. d) superávit patrimonial. bens circulantes e bens de uso. respectivamente: a) bens de venda. c) prejuízo. b) bens de venda.000. Uma empresa revendedora de veículos possui 50 automóveis para vender. representam importância menor que a das obrigações. bens de uso e bens de venda.00 a) os capitais próprios totalizam R$ 40. c) nos itens 2 e 3 temos situações líquidas negativas. d) o capital à disposição da empresa soma R$ 40. somados. c) bens de renda.Terreno. “E” para bens de transformação. b) patrimônio. d) A-C-B-B-E. ocorre: a) passivo a descoberto.00 Direitos R$ 30.000.Prédios da empresa. ferramentas e móveis ( . b) patrimônio líquido. “C” para bens de venda. marque a alternativa correta. ativo = passivo. 3. . 24. a) a pior situação é a representada no item 3 e a melhor.00 Obrigações R$ 15. no item 1. “D” para bens de renda. 26. Analise as representações gráficas seguintes: 1. a porção de bens que os capitalistas destinam para determinado empreendimento lucrativo. após assinalar no parêntese: “A” para bens numerários. Estes veículos são. 2. Para as questões nr 27 e 28. portanto.000.Prof Soares 1 23.Veículos que a empresa utiliza ( ) . b) no item 1.000. bens de uso e bens de renda. isto é. bens de renda e bens de venda . b) os capitais de terceiros somam R$ 30. 28.000.00 Patrimônio Líquido R$ 25.Mercadorias e produtos ( ) . com base nos dados abaixo: Aplicações Origens Bens R$ 10. Quando o ativo da empresa é representado por bens e direitos cujos valores. alugados a terceiros ( ) a) A-B-C-B-D.Móveis e utensílios que a empresa possui no escritório . patrimônio líquido = passivo.000.Dinheiro que a empresa possui ( ) . a situação líquida inexiste. ativo + patrimônio líquido = passivo.Máquinas de escritório. denomina-se: a) capital social.Móveis e poltronas de um cinema -Quadro-negro de um colégio . 27.000. R$ 3. b) as afirmativas I e III estão corretas: c) as afirmativas II e III estão corretas. mercadorias.00 com emissão de uma nota promissória.. 01 automóvel..00 em dinheiro. Marque a alternativa correta: I O capital subscrito é o capital que os sócios se propõem a integralizar.00. O capital próprio compreende o: a) passivo total. Comercial de couros Chifre de Ouro Ltda.R$ 20.00. II O excesso do ativo sobre o passivo constitui o capital próprio da empresa.00.R$ 25. Sabendo-se que ela possui dinheiro em caixa no valor de R$ 100.000..000. dívidas no valor de R$ 300. Ativo Passivo .Prof Soares 30.000. III São fontes do patrimônio líquido: os investimentos do proprietário e os lucros retidos.000. então: a) a empresa encontra-se em situação financeira difícil. c) patrimônio líquido. b) passivo real. Ativo Passivo c) Compra de mercadoria a prazo com aceite de duplicatas.00. 34.. b) sob o aspecto qualitativo. d) o Capital Social é R$ 500. c) o passivo supera o valor dos bens de capital. no valor de R$ 30.000. 1 31. Ativo Passivo b) Compras a vista (em dinheiro):móveis e utens. Passivo a descoberto implica que: a) a empresa teve prejuízo.. d) ativo total.. Ativo Passivo d) Compra a prazo de uma casa no valor de R$ 100. d) as afirmativas I.. 33.000. d) Ativo + Patrimônio Líquido positivo 35. Represente no Balanço Patrimonial a situação do patrimônio da firma FCL Ltda. 32. a) as afirmativas I e II estão corretas. possui patrimônio líquido positivo no valor de R$ 500. A Equação Básica do Patrimônio pode ser representada: a) Exigível + Ativo = Passivo. após cada fato ocorrido: a) Início das atividades comerciais com um capital de R$ 80. os bens numerários não podem ultrapassar ao valor consignado em caixa. c) Ativo = Exigível + Patrimônio Líquido. c) a empresa possui outras aplicações no valor de R$ 700. b) Passivo + Ativo = Patrimônio Líquido. b) o passivo supera o valor dos bens e direitos patrimoniais. d) o ativo é maior que o passivo. II e III estão corretas. 00.Prof Soares 1 e) f) Venda de mercadorias: à vista.00.00. 400. 600. mediante aceite de duplicatas.400..R$ 8.00.R$ 10. Obs.00.000. 800.400..00. B e C) abaixo. 600.00.00. 2. 400.: Não considere o lucro na venda das mercadorias..600. 600.00. 1. 1. 200.00.00. 1.00.000. 800. A Aplicações em fundos de curto prazo (1) Dinheiro em Bancos Máquinas Veículos Contas a Pagar Impostos a Pagar B ..00. O lucro na venda de mercadorias será estudado posteriormente. no valor de R$ 2. 600. Ativo Passivo g) Pagamento de uma duplicata.00.00. no valor de R$ 10. em dinheiro.00.00. apenas os valores como estão. a prazo.000. 800. Elabore o Patrimônio das empresas (A. 800. identifique a situação e a equação patrimonial..00. 400. Ativo Passivo 36.Caixa e Bancos Contas a Receber Mercadorias em Estoque Máquinas 800.Duplicatas a Receber Clientes Dinheiro Imóveis Cafezais Duplicatas a Pagar Impostos a Recolher C . em dinheiro.00.00. Ativo Passivo h) Recebimento de uma duplicata.000.000.00. . 400.representam uma modalidade de aplicação financeira que se torna disponível para resgate para o investidor no dia seguinte ao da aplicação. 600. 1) demonstrar o Patrimônio da empresa.00. 200.Prof Soares Pomares Fornecedores Obrigações a Pagar Contas a Pagar Empréstimos a Pagar 400.Investimento inicial em dinheiro.00. 1.00. A Floricultura Flores do Sol Ltda. após cada uma das operações. e DATA 02-01 .00. R$ 150. PATRIMÔNIO DA EMPRESA “A” ATIVO PASSIVO Exigível PE TOTAL Situação: ______________________________ Equação: ______________________________ PL/SL ( – TOTAL ) ATIVO PATRIMÔNIO DA EMPRESA “B” PASSIVO Exigível PE TOTAL Situação: _______________________________ Equação: _______________________________ ATIVO PL/SL ( TOTAL ) PATRIMÔNIO DA EMPRESA “C” PASSIVO Exigível PE TOTAL Situação: _______________________________ Equação:________________________________ 37.00.800. 2) identificar a equação patrimonial. PL/SL ( TOTAL – ) . iniciou suas atividades em 2 de janeiro de 19X1. 1 (1) Fundos de curto prazo . 3) identificar a situação patrimonial.00. 23-01 .comprou flores naturais de Flores Lindas Ltda.00. R$ 30. à vista. por R$ 36. 13-01 .. 07-01 . à vista. no valor de R$12. por R$ 48.comprou sementes de Flores Lindas Ltda.00.00. 1) PATRIMÔNIO DE 02-O1-X1 ATIVO Exigível Obrigações PL/SL TOTAL 2) Equação:___________________________ 3) ___________________________________ ATIVO Exigível Obrigações PL/SL TOTAL 2) Equação:___________________________ 3) ___________________________________ ATIVO Exigível Obrigações PL/SL TOTAL 2) Equação:___________________________ 3) ___________________________________ 1) PATRIMÔNIO DE 13-O1-X1 ATIVO Exigível PL/SL TOTAL 2) Equação:___________________________ 3) ___________________________________ TOTAL PASSIVO TOTAL TOTAL TOTAL PASSIVO 1) PATRIMÔNIO DE 05-O1-X1 PASSIVO 1) PATRIMÔNIO DE 07-O1-X1 PASSIVO 1) PATRIMÔNIO DE 15-01-X1 ATIVO Exigível PASSIVO .00. pagando R$ 18.pagou a Flores Lindas Ltda. 27-01 .Prof Soares 1 05-01 . à vista..00.pagou parte da dívida assumida no dia 13-01. 31-01 ..comprou vasos de Flores Brancas Ltda.00 pelo compromisso assumido em 05-01.comprou móveis e utensílios. aceitando uma duplicata no valor de R$ 42.00. a prazo. dois pacotes de sementes. no valor de R$ 60. 15-01 -vendeu. a prazo. não 186 TOTAL PASSIVO TOTAL PASSIVO TOTAL PASSIVO .Prof Soares PL/SL TOTAL 2) Equação:___________________________ 3) ___________________________________ TOTAL 1 1) PATRIMÔNIO DE 23-01-X1 ATIVO Exigível PL/SL TOTAL 2) Equação:___________________________ 3) ___________________________________ 1) PATRIMÔNIO DE 27-01-X1 ATIVO Exigível PL/SL TOTAL 2) Equação:___________________________ 3) ___________________________________ 1) PATRIMÔNIO DE 31-01-X1 ATIVO Exigível PL/SL TOTAL 2) Equação:___________________________ 3) ___________________________________ ATOS ADMINISTRATIVOS E FATOS ADMINISTRATIVOS ATOS ADMINISTRATIVOS São os que não provocam alterações nos elementos do Patrimônio ou do Resultado. portanto. : Receitas de aluguel. Os Fatos Administrativos ou Contábeis classificam-se em: • • • Fatos Permutativos. Por modificarem o patrimônio. mas podem modificar a composição dos demais elementos patrimoniais. aval de títulos. alguns atos administrativos poderão provocar alterações futuras no patrimônio da empresa.A e . Receitas de juros.Prof Soares compras. de vendas. • Diminutivos: quando provocam redução no valor do PL. e de seguros diversos. fiança em favor de terceiros etc. .PL). entre os elementos do Passivo e entre ambos ao mesmo tempo. d)Aumento do Capital com incorporação de Reservas ou de Lucros Acumulados ( + PL e . ( . Ex. FATOS ADMINISTRATIVOS O mesmo que Fatos Contábeis. Fatos Mistos ou Compostos: aumentativos e diminutivos. Eles permutam os elementos do Ativo e/ou Passivo sem modificar o valor do Patrimônio Líquido. Fatos Modificativos: aumentativos e diminutivos. devem ser contabilizados através das Contas Patrimoniais e das Contas de Resultado. São os que provocam alterações nos elementos do Patrimônio ou do Resultado. Pode ocorrer troca entre os elementos do Ativo.PE e + PL). Ex. portanto interessam à contabilidade.: Despesas de salários. Fatos Permutativos São os que não provocam alterações no valor do Patrimônio Líquido ou Situação Líquida. Fatos Modificativos São os que provocam alterações no valor do Patrimônio Líquido ou Situação Líquida porque envolvem contas de resultado (receita e despesa). Receita de descontos obtidos ( + A e + PL ). assinatura de contratos de Entretanto. Ex. devem ser registrados através de Contas de Compensação. Podem ser: • Aumentativos: quando provocam acréscimo no valor do PL. ocasionando aumento ou redução de valor idêntico no PE ou Ativo. despesas financeiras. Por esse motivo. contratar pessoal. recitas de juros. Exemplos: a) Compra de uma máquina à vista em dinheiro ( + A e – A ). 1 interessam à contabilidade.: digitar cartas. c) Pagamento de contas a pagar ( . b)Compra de uma máquina com financiamento bancário ( + A e + P E ). atender telefonemas.PE ). ( + A e + PL ). há uma permuta entre o valor da mercadoria em estoque e o dinheiro em caixa. pois aumentam o valor do Ativo e do PL simultaneamente. A ocorrência de despesas são fatos contábeis diminutivos. pois aumentam o valor do Ativo e do PL simultaneamente.: Pagamento de duplicatas com juros. 1 O ingresso de receitas são fatos contábeis aumentativos.PL). Venda de mercadorias à vista com prejuízo. ( .Os fatos contábeis que apenas permutam os elementos (componentes do ativo e/ou do passivo) patrimoniais. só que o valor do dinheiro recebido é superior ao valor da mercadoria em estoque. c) atos administrativos são acontecimentos que não provocam variações patrimoniais. pois implicam na redução do PL. 2. . d) todas as afirmativas estão corretas. temos ao mesmo tempo. Recebimento de duplicatas com desconto. . portanto.PE.A.A e .A e + A. haverá um aumento do Ativo (mais dinheiro em Caixa) e aumento do PL. Fatos Mistos Ou Compostos São os que combinam fatos permutativos com fatos modificativos.A e .PL ). fatos contábeis modificativos que independem de receitas e despesas. sem que tenha havido o ingresso da receita. Diminutivos: quando combinam fatos permutativos com fatos modificativos diminutivos.A e . entretanto. Há.A e . . + A e + PL).PE e + PL). se os sócios decidem aumentar o capital da empresa em R$ 10.PL ). ( + PE e . b) variações patrimoniais são as alterações sofridas pelo patrimônio em conseqüência dos fatos contábeis. Marque a afirmativa correta: a) fatos contábeis são acontecimentos que provocam variações nos componentes do patrimônio. ( . Pagamento de duplicatas com desconto. com lucro.PL).: Venda de mercadorias em estoque por um preço superior ao seu custo. EXERCÍCIOS 1.000. um fato permutativo (permuta entre as contas Duplicatas a Pagar e Caixa) e um fato modificativo (o pagamento da despesa pelos juros ocorridos na operação).PL).Prof Soares Distribuição de lucros aos sócios ou acionistas. Ex. Marque a alternativa que preenche corretamente as lacunas: I . . ( + A e .A e + A.A e . ( . Recebimento de duplicatas com juros.00 integralizando o aumento em dinheiro. O recebimento de juros sem o recebimento do principal corresponde a um fato contábil modificativo aumentativo. Ex. ( . pois implicam na redução do PL. A ocorrência de despesas são fatos contábeis diminutivos. ( . Por exemplo. O ingresso de receitas são fatos contábeis aumentativos. .PE.A e . logo podem ser: Aumentativos: quando combinam fatos permutativos com fatos modificativos aumentativos. sendo que esta diferença (lucro) aumenta o PL. a) permutativos . de que tipo é o fato contábil.modificativos (quantitativos) . aumentando. c) trata-se de fato misto. b) modificativo aumentativo.Fatos administrativos são também chamados Fatos Contábeis III – Os Fatos Administrativos. III pode representar recebimento de um direito e IV pode representar pagamento de uma obrigação.Os fatos contábeis que provocam variações qualitativas e quantitativas ao mesmo tempo denominam-se ________________. d) Permutativos. porque a obrigação assumida aumenta o passivo e. III pode representar recebimento de um direito e IV pode representar apropriação de despesa. a) I e II são verdadeiras e III é falsa c) II e III são verdadeiras e I é falsa b) I e III são verdadeiras e II é falsa d) Todas são verdadeiras 7. b) Permutativos. b) Permutativo ou compensativo c) Permutativo ou modificativo d) Modificativo 8.mistos (compostos). d) I pode representar recebimento de um empréstimo. Sejam os gráficos patrimoniais em “T”: I – Balanço Patrimonial II – Balanço Patrimonial III – Balanço Patrimonial IV – Balanço Patrimonial (+) (+) (-) (-) (+) (-) (+) (-) a) I pode representar recebimento de um empréstimo. Modificativos e Alternativos. III pode representar recebimento de um direito e IV pode representar apropriação de uma receita.mistos. ( ) Compra a prazo de mercadoria. incondicionalmente. c) permutativos (qualitativos) . Compensativos e Mistos. Os Fatos Administrativos. Modificativos aumentativos. c) Compensativos. II pode representar o pagamento de um empréstimo concedido. lI . respectivamente. 9. conseqüentemente. b) I pode representar compra de mercadorias a prazo. respectivamente.qualitativos . o patrimônio líquido.mistos. II pode representar apropriação de despesa. São variações patrimoniais mistas: ( ) Reconhecimento de uma dívida proveniente de serviço prestado por terceiro (profissional autônomo). alteram o patrimônio qualitativa ou quantitativamente. Um Fato Administrativo que envolva uma conta de Ativo e uma conta de Patrimônio Líquido é: a) Permutativo em qualquer caso. porque se a empresa adquiriu o bem de uso (valor ativo). II . c) I pode representar integralização de Capital.Os fatos contábeis que provocam alterações no patrimônio líquido denominam-se ______________________. 5. uma obrigação é assumida. III pode representar pagamento de uma despesa e IV pode representar apropriação de despesa. porque.Atos Administrativos são acontecimentos que ocorrem na empresa e provocam alterações no patrimônio. b) o fato é modificativo-aumentativo. Das proposições I . III . reduz o patrimônio líquido. podem ser classificados em: a) Permutativos. 4. conforme o tipo de alteração que provoquem no Patrimônio. Assim. O recebimento de aluguel no mês de competência é um fato: a) Permutativo. assumiu a obrigação de pagá-lo (valor passivo). conseqüentemente. ( ) Pagamento de duplicatas com juros. Modificativos e Mistos. ao mesmo tempo em que o bem é adquirido.Prof Soares 1 sem alterar o patrimônio líquido denominam-se __________________. d) nada disto. d) o fato é claramente permutativo. . II pode representar pagamento de uma obrigação. respectivamente. ( )Venda de mercadorias com lucro.qualitativos . porque entra um valor ativo novo. 3. Mistos aumentativos e Mistos diminutivos. 6. b) quantitativos . a operação não modificou o patrimônio líquido. Quando a empresa adquire móveis para seu uso. se a compra é feita a prazo? a) o fato é modificativo-diminutivo. II pode representar pagamento de uma obrigação. de receita de aluguéis ( ) e) Compra de Mercadorias. em dinheiro. por incêndio ( ) n) Pagamento de Fretes e Corretos ( ) o) Apropriação de despesas de salários ( ) p) Venda de um bem pelo preço de custo ( ) q) Pagamento de duplicata com juros ( ) 11. descontados juros bancários ( ) m) Perda do estoque de mercadorias. d) Devem ser registrados. CA os Compostos (Mistos) Aumentativos e CD os Compostos (Mistos) Diminutivos: a) Venda de Móveis em dinheiro ( ) b) Pagamento de uma Duplicata ( ) c) Compra de Mercadorias a prazo ( ) d) Recebimento. 12. em dinheiro. em dinheiro ( ) h) Recebimento de duplicata. Nos Fatos Administrativos abaixo.Prof Soares 1 10. 14. com juros ( ) i) Venda de veículo. identifique com P os Permutativos. em dinheiro. d) Resultado ou Patrimônio Líquido. com desconto ( ) g) Recebimento de Juros de mora.Receita e Despesa. c) Devem ser registrados em Contas de Resultado. b) Devem ser registrados em Contas de Compensação. MD os Modificativos Diminutivos. Num Fato Administrativo Modificativo. além de uma conta patrimonial representativa de um bem ou direito ou obrigação deve. com lucro ( ) j) Pagamento de despesas de aluguéis ( ) k) Recebimento de uma doação. necessariamente. em conta-corrente. São exemplos de Atos Administrativos. haver. b). d) Ativo. exceto: a) Contratação de empregados b) Contratação de seguros c) Aval ou Fiança em favor de terceiros d)Aquisição de Ativos . para investimento ( ) l) Recebimento de um empréstimo. em dinheiro. Os Fatos Administrativos Permutativos são aqueles que permutam elementos do: a) Ativo e Patrimônio Líquido b) Ativo e Passivo c) Passivo e Patrimônio Líquido. em qualquer caso. não segurado. Passivo e Patrimônio Líquido 13. sendo 50% a vista e o restante a prazo ( ) f) Recebimento de Duplicata. MA os Modificativos Aumentativos.uma conta de: a) Receita ou Ativo. Os Atos Administrativos relevantes que possam provocar futuras alterações no Patrimônio: a) Não devem ser registrados. c) Despesa ou Passivo. P. de 28-03-08.111. Contabilidade Básica. de 22-02-01. Dispõe sobre a aplicação doPrincípio da Atualização Monetária .121. Aprova o Apêndice II da Resolução CFC nº 750-93.E.Prof Soares 1 Bibliografia: FEA/USP. de 29-11-07.. de 16-12-94.V. Dispõe sobre os Princípios Fundamentais de Contabilidade (PFC) Resolução CFC nº 774. 1996 VICECONTI. Aprova o Apêndice à Resolução sobre os Princípios Fundamentais de Contabilidade Resolução CFC nº 1. NEVES. sobre os Princípios Fundamentais de Contabilidade Resolução CFC nº 900. São Paulo: Atlas. Frase: São Paulo. Silvério das. Aprova a NBC T 1 – Estrutura Conceitual para a Elaboração e Apresentação Das Demonstrações Contábeis Resolução CFC nº 750. Contabilidade Introdutória. 2001 Resolução CFC nº 1. de 29-12-93.
Copyright © 2020 DOKUMEN.SITE Inc.